Hora local: 20:44
logotipo
Você está aqui: Página inicial

Percurso Pedestre assinala Dia Mundial do Turismo no Marco de Canaveses

2011/09/28

A Câmara Municipal do Marco de Canaveses não deixou passar em vão o Dia Mundial do Turismo, celebrado a 27 de Setembro. Aliando as verdejantes paisagens ao vasto e rico património edificado, a Autarquia Marcoense preparou para este dia um Percurso Pedestre - Percurso Cidade, que contou com participação de cerca de 60 alunos dos Cursos de Técnico de Turismo Rural e Ambiental da EPAMAC e de Técnico de Turismo da Escola Secundária do Marco de Canaveses.

Um dia de caminhada, de boa disposição e de cultura, que iniciou com uma visita guiada pelo Museu Municipal, inaugurado em 1985 adoptou o nome de Carmen Miranda numa homenagem à artista que nasceu na Freguesia de Várzea de Ovelha e Aliviada, há 102 anos. Passando depois à Igreja de Santa Maria, da autoria do arquitecto Siza Vieira, uma obra reconhecida internacionalmente pela volumetria e pelos traços arrojados do edifício, transformando-o num templo único. Tempo ainda para apreciar a arquitectura rústica do centro da cidade, culminando no Jardim Municipal, que tantas histórias vai guardando ao longo de gerações.

No período da tarde, o roteiro seguiu e já na companhia do Presidente da Câmara Municipal do Marco de Canaveses, Manuel Moreira, e da Vereadora do Turismo, Gorete Monteiro, rumo ao Pelourinho de Canaveses, classificado como Monumento Nacional, e à Albergaria de D. Mafalda junto à Capela do Espírito Santo, cujos edifícios existentes sofreram já grandes transformações.

Com o rio Tâmega como pano de fundo, os caminhantes dirigiram-se então à Igreja de S. Nicolau, com o seu pequeno adro fronteiro murado, este edifício classificado como Imóvel de Interesse Público remonta aos sécs. XIII, XVI e XVIII. A Capela de S. Lázaro e o Cruzeiro do Senhor da Boa Passagem são também Imóveis de Interesse Público, dos sécs. XVIII e XIX respectivamente.

Do outro lado da margem, surge a Igreja de Sobretâmega destacando-se na paisagem por se erguer num pequeno morro, rodeada pelo rio em três frentes. Classificada como Imóvel de Interesse Público, é um edifício dos sécs. XIII e XVIII. O Percurso Pedestre - Percurso Cidade terminou com um agradável e descontraído passeio pelo Parque Fluvial do Tâmega. Inaugurado em Dezembro de 2008, é já um local de referência para os Marcoenses que não dispensam as suas caminhadas, o convívio e o lazer em família nos espaços verdes deste parque, bem como a pratica de vários desportos náuticos como a canoagem e o jet-ski.

Com a preciosa colaboração dos Párocos de Fornos e de Sobretâmega, das estagiárias da Multiformactiva e da EPAMAC e da Técnica Superior de Turismo da Câmara Municipal do Marco de Canaveses, Gorete Babo, assim se proporcionou um dia diferente. Segundo um trilho cultural, que «pretendeu conjugar elementos como a natureza, a arte e o património religioso, sensibilizando os participantes para a importância do sector do turismo na aproximação das culturas e na promoção do turismo a nível integral», notou o Presidente da Câmara Municipal, Manuel Moreira continuando «este passeio a pé deu-nos uma melhor noção da beleza e do grande potencial turístico que o nosso Concelho possui. Articulando vários pontos de interesse, pormenores e curiosidades é possível oferecer aos Marcoenses, e a todos os que nos visitam, um produto turístico versátil, diferente e atractivo».

Outras notícias