Foi assinado, no último domingo (16 de maio), o auto de consignação da construção da nova Sede da Junta de Freguesia de Soalhães e Unidade de Saúde Familiar (USF).

“Esta freguesia já merecia uma sede de Junta nova. Uma sede que desse condições ao Executivo e aos soalhenses de terem uma sala de reuniões ou uma sala de Assembleia de Freguesia dignas. Não podemos esquecer que esta freguesia já foi sede de concelho e que é ainda uma das maiores do Marco de Canaveses”, explicou Cristina Vieira.

O novo edifício vai também acolher a Unidade de Saúde Familiar, com sala de espera, receção e gabinetes destinados a consultório médico, sala de enfermagem e sala de tratamentos. “O que pretendemos é que uma das Unidades de Saúde Familiares do concelho constitua aqui um polo. Primeiro, garantir que as condições em termos de instalações existem e, depois, teremos condições para ter aqui um polo de uma Unidade de Saúde Familiar”, concluiu a Presidente da Câmara Municipal.

No que diz respeito à sede da Junta de Freguesia, esta será constituída por um gabinete dedicado ao Espaço Cidadão, espaço de atendimento com três postos, e ainda uma sala de reuniões da Assembleia de Freguesia, com capacidade para 50 lugares sentados.

António Monteiro, Presidente da Junta de Freguesia de Soalhães, destacou a importância desta obra: “É ótimo para a freguesia. Não só para nós, Executivo, para dar melhor qualidade de atendimento a todos os fregueses, como também para os utentes da Unidade de Sáude. Agradeço à Senhora Presidente por ter levado avante esta obra”, referiu.

O novo edifício será construído junto ao Centro Social São Martinho de Soalhães, num terreno propriedade da Igreja, cedido através de um acordo efetuado entre esta entidade e a Junta de Freguesia.

Depois disso, será demolida a sede existente, dando assim amplitude ao arruamento e melhorando as acessibilidades naquela zona da freguesia.

A obra tem um prazo de execução de 12 meses e representa um investimento do Município de 450 mil euros.