best website builder Foi apresentada, esta segunda-feira, dia 16 de agosto, a segunda Equipa de Intervenção Permanente (EIP) dos Bombeiros Voluntários do Marco de Canaveses, composta por cinco elementos.

“Esta tinha sido uma preocupação que o comando e a direção dos Bombeiros Voluntários nos tinham feito chegar. O caminho tem que ser a profissionalização dos bombeiros. Falamos com a senhora Secretária de Estado, que se mostrou sensível com os argumentos que o senhor comandante lhe fez chegar, e assumiu o compromisso de que iria fazer tudo o que estivesse ao seu alcance para a criação desta segunda EIP”, lembrou Cristina Vieira.

A Presidente da Câmara Municipal destacou ainda as melhores condições de socorro de que agora o concelho dispõe, deixando também um agradecimento aos Bombeiros Voluntários do Marco de Canaveses. “Esta segunda Equipa de Intervenção Permanente vai garantir o socorro à população em escalas rotativas, o que é o mais importante. Tenho que agradecer publicamente ao comando e à direção dos Bombeiros Voluntários pelo trabalho notável que estão a fazer na proteção de pessoas e bens no Marco de Canaveses. Estamos disponíveis para continuar a ajudar, para que tenham meios ainda melhores”, afirmou.

João Lima, Presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Marco de Canaveses, deixou elogios ao apoio que tem sido dado pela Câmara Municipal à associação que preside, realçando a celeridade com que se procedeu à criação da EIP que foi apresentada: “Sabemos desde a primeira hora que podemos contar com o Município, e a prova está na rapidez com que se conseguiu criar a segunda EIP. Sempre que pedimos apoios à Câmara, ela responde-nos afirmativamente”, revelou João Lima.

Esta segunda Equipa de Intervenção Permanente vem reforçar aquilo que são as condições de socorro dos Bombeiros no período diurno. “Das 7h às 21h teremos uma equipa profissional sempre ao socorro. As equipas vão trabalhar por turnos e, assim, conseguimos um período mais alargado com uma equipa profissional. Com gente mais preparada, mais treinada e mais rotinada, o nosso trabalho fica mais facilitado”, explicou o comandante dos Bombeiros Voluntários do Marco de Canaveses, Sérgio Silva.

Tal como sucedia com a primeira Equipa de Intervenção Permanente, também a segunda contará com os salários dos seus elementos comparticipados em 50% pela Câmara Municipal.

Antes da apresentação da nova EIP foi ainda homenageado um grupo de bombeiros que esteve ao serviço no Dia Municipal do Bombeiro e que, consequentemente, não este presente na cerimónia que decorreu em Constance no passado dia 27 de junho.