Câmara do Marco implementa medidas em várias frentes

A rápida propagação do surto de Covid-19 no Norte do país, em particular em concelho vizinhos, exigiu por parte do Município do Marco de Canaveses uma pronta e coordenada resposta em defesa da saúde-pública no concelho, assim como a implementação de um Plano de Intervenção Económico e Social de apoio às famílias e empresas.

Além da defesa do cumprimento das normas e leis produzidas pelo Governo e pela Direção-Geral da Saúde, a Câmara Municipal, na área das suas competências, tomou um conjunto de medidas quanto aos serviços municipais, espaço público e proteção civil que têm contribuído para mitigar os efeitos do vírus no território:Feira Municipal


Serviços Municipais

  • Restrições nos serviços de atendimento ao público: Secretaria, Tesouraria, Espaços Cidadão, etc. e reforço dos serviços de atendimento digitais e telefónicos;
  • Suspensão de todos os prazos de pagamento ao Município até 30 de junho (inclui habitação social, passes, lixo, etc.);
  • Suspensão por tempo indeterminado dos prazos de todos os processos administrativos do âmbito do município;
  • Suspensão da cedência de viaturas municipais;


Espaço Público
 

  • Cancelamento de todos os eventos públicos promovidos pela Câmara Municipal do Marco de Canaveses, o que inclui atividades culturais, desportivas e recreativas;
  • Encerramento ao público dos equipamentos culturais e desportivos, parques infantis, cemitérios, Posto de Turismo, Espaço Municipal da Juventude e Centro de Recolha Oficial; 
  • Limpeza e desinfeçao de espaços públicos por todo o concelho;
  • Restrição dos horários de funcionamento dos cafés até às 21h00;
  • Suspensão do licenciamento de eventos em espaços públicos, dando cumprimento às orientações da Direção-Geral da Saúde;
  • Recomendou às Juntas de Freguesias e ao Movimento Associativo que evitem a organização de eventos ou iniciativas que envolvam ajuntamento de pessoas, bem como o encerramento de cemitérios;
  • Suspensão da realização das feiras do Marco, da Livração, de Bem Viver, de Alpendorada e de Soalhães;
  • Encerramento dos Mercados Municipais do Marco de Canaveses e Alpendorada;


Proteção Civil
  e Saúde

  • Ativação do Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil;
  • Constituição de uma Subcomissão de Acompanhamento para a Covid-19, constituída pela Presidente da Câmara Municipal Municipal, Autoridade Saúde Municipal, Coordenador Municipal de Protecção Civil, Comandantes dos Postos Territoriais da GNR do Marco e de Alpendorada, Comandante dos B.V. do Marco de Canaveses e Coordenadores das Delegações da Cruz Vermelha Portuguesa do Marco de Canaveses e de Alpendorada;
  • Colocado à disposição da Autoridade de Saúde do Marco de Canaveses todo o apoio técnico e logístico por parte do Município, dos Agentes de Protecção Civil, das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e outras forças vivas do Marco de Canaveses, para planeamento e preparação de procedimentos adequados de atuação e de um dispositivo de resposta reforçada e integrada às necessidades;
  • Criação de condições técnicas e de recursos humanos para ativação imediata de um call-center de apoio psicossocial às populações;
  • Identificação das necessidades logísticas e de apoio sanitário aos profissionais de saúde e demais agentes de protecção civil e planeamento das respetivas soluções de alojamento, higiene e alimentação;
  • Implementação da Área dedicada a Avaliação e Tratamento de Doentes (ADC) em parceria com o Município de Baião para apoio às populações dos dois Municípios;
  • Apoio logístico à implementação do Centro de Testes de Despistagem à Covid-19 no Estádio Municipal;