A carregar Eventos
Este evento já decorreu.

“Inventar-se de Gente” é um itinerário sonoro e performativo, protagonizado pelo grupo “O Som do Algodão”, que une os contos de Agustina Bessa-Luís, a poesia de Daniel Faria e o imaginário das obras de Nuno Higino à tradição oral do território da Rota do Românico.

Este espetáculo, integrado no projeto “Ver do Bago”, vai percorrer os municípios de Celorico de Basto, Amarante, Paços de Ferreira, Marco de Canaveses, Felgueiras, Paredes, Resende, Cinfães e Castelo de Paiva, durante os meses de novembro e dezembro, em nove apresentações de 40 minutos, direcionadas para crianças (M/4) e famílias.

Baseado no cancioneiro tradicional e na tradição oral do espaço geográfico da Rota do Românico, a partir de “Contos Amarantinos” de Agustina Bessa-Luís, “Poesia” de Daniel Faria, “O Crescer das Árvores” e “Onde Dormem os Pássaros?” de Nuno Higino, “O Som do Algodão” propõe uma viagem de sensações, que parte da paisagem natural dos vales dos Sousa, Douro e Tâmega, seduzindo-nos a conhecer as suas lendas, tradições e ofícios.

Música para fazer crescer as árvores e histórias para nunca dar ponto sem nó.

O projeto “Ver do Bago” é cofinanciado pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, no âmbito da operação “O Vinho, a Arte e os Homens”.

🎟 Os bilhetes para o espetáculo são gratuitos e podem ser levantados presencialmente no Emergente.
🕒 Horário:
➡️ De Segunda a Sexta: 9h30-12h30 e 14h00-18h00
➡️ Sábado: 9h30-12h30

Go to Top