Início|Cultura|Teatro “Wilde Shots”
A carregar Eventos

Sinopse:

WILDE SHOTS, parte de curtas histórias, mais ou menos adaptados, de um dos escritores mais considerados e marcantes da literatura inglesa do século XIX.

Pelo universo wildiano, através das curtas narrativas, marcadas pela combinação poética e pelo o acutilante humor que carateriza o autor, traçam-se pequenos percursos por onde circulam espetros que refletem muitos dos anseios, medos, obsessões e crenças, que tão bem exprimem alguns dos dramas humanos. Estas figuras movimentam-se, ora no mais profundo de si, ora na sua mais ténue superfície: na aparência, no fugaz; o outro, uma vaga presença reduzida à medida da sua utilidade; os velhos mitos sobreviventes, mais os que cada época e sociedades criam, desfilam como sentenças e verdades; e outras possíveis leituras serão legítimas e merecidas.

“Wilde Shots”, não se compromete com a coesão narrativa, antes a fragmenta. Como um “Shot” que se saboreia, que agrada ou repele, ele terá de ser absorvido com o humor ácido, inteligente e provocador de Wilde, ao qual se junta os ingredientes da criação teatral que mescla o cómico, o absurdo e o poético. ”Wilde Shots” serve-se em palco, café-teatro, bares e outros espaços não convencionais para ser apreciado ou evitado.

 

Textos: Table Talk

Autor: Oscar Wilde

Adaptação, encenação e dispositivos cénicos: Tó Maia

Cenografia e figurinos: Susana Lamarão

Música/sonoplastia e operação técnica: Filipe Silva

Registos visuais: André Delhaye e Serge Bochnakian

Interpretação: Catarina Rapazinho, Marta Rosas e Rita Valério

 

Duração: 50 min (apróximadamente)

Classificação Etária: Maiores de 12 anos