Hora local: 14:12
logotipo
Você está aqui: Página inicial

Escola Feliz chegou à EB1 do Ladário, em Tabuado

2012/04/11

Projecto "Escola Feliz" continua a levar sorrisos e felicidade aos alunos das escolas do Marco de Canaveses. A EB1 do Ladário, na freguesia de Tabuado, foi hoje contemplada com um conjunto de materiais informáticos e didácticos que muito irá melhorar a qualidade de ensino e de aprendizagem, para professores e alunos.

Uma iniciativa ao serviço do ensino promovida pela Assembleia Municipal em parceria com a Câmara Municipal do Marco de Canaveses.

Elogiado pelo Presidente da República, pela sua qualidade empreendedora e apontado como um exemplo a seguir, o projecto "Escola Feliz" alimenta a principal linha de acção do actual Executivo: a Educação e o combate à redução do insucesso e abandono escolar no Concelho do Marco de Canaveses.

O Presidente da Câmara Municipal, Manuel Moreira, acompanhado do Presidente da Assembleia Municipal, António Coutinho; da Vereadora com o Pelouro da Educação, Gorete Monteiro; da Presidente da Junta de Freguesia de Tabuado, Fátima Vasconcelos; do Director do Agrupamento de Escolas do Marco, Alberto Tavares e dos Padrinhos - Ferreira Construção que apoiou duas salas e Farmácia Nova que apoiou uma sala, deslocaram-se à Escola EB1 do Ladário, em Tabuado, para fazer a entrega dos equipamentos.

Material lúdico-didáctico e desportivo diverso, vídeo-projector, computadores e impressora foram distribuídos pelas três salas de aula perante uma verdadeira manifestação de alegria, especialmente das crianças que não escondiam a satisfação de puder aceder finalmente a equipamentos que alguns nunca tinham experimentado.

A Presidente da Junta de Freguesia de Tabuado, Fátima Vasconcelos, enalteceu reconhecida a iniciativa da Assembleia e Câmara Municipal para dotar as escolas de material imprescindível ao bom desempenho escolar, aproveitando o evento para citar Fernando Pessoa: «"O Homem sonha e a Obra nasce", fica aqui provado que tudo é possível desde que exista empenho e boa vontade, como bem o demonstram as duas entidades promotoras e os padrinhos, que tornam possível o nascimento desta obra que a todos nos orgulha».

A Coordenadora da escola, Alexandra Varejão, agradeceu as ofertas, sublinhando que «são muito importantes e adaptadas às necessidades de quem lecciona, estimulando por sua vez os alunos. É pois necessário enaltecer e reconhecer o papel que Câmara Municipal e Assembleia Municipal têm vindo a desenvolver para corresponder às carências das escolas, proporcionando às comunidades educativas algo que há alguns anos atrás era impensável».

Por seu lado, o Presidente da Assembleia Municipal, António Coutinho, referiu que este projecto, que o órgão a que preside abraçou, «é uma importante resposta que pretende entre outras, contribuir para combater o insucesso escolar. Queremos dotar as escolas de todo o material necessário para o bem-estar dos alunos, sendo ao mesmo tempo um estímulo para a aprendizagem», lembrando ainda que «nesta altura são cerca de 40 as escolas contempladas, mas podem ter a certeza que não iremos baixar os braços enquanto os três mil alunos do Ensino Básico no nosso Concelho não estudarem numa Escola Feliz. Quando isso acontecer iremos abraçar um outro projecto».

Dirigindo-se aos alunos e docentes, o Presidente da Câmara Municipal do Marco de Canaveses, Manuel Moreira, reafirmou a vontade do Executivo de continuar a lutar por uma formação de excelência, «queremos continuar a promover um ensino de qualidade no nosso Concelho, para que as nossas crianças e jovens sejam gerações mais preparadas e venturosas. É pois com muito orgulho que partilhamos este projecto Escola Feliz, para que os alunos da nossa terra tenham uma formação que seja motivo de regozijo e orgulho, e se sintam motivados para ir mais longe. Hoje vivemos um dia feliz, que nos dá mais força e esperança para continuarmos esta missão de transformar o Marco de Canaveses num dos melhores Concelhos da Região e do País», frisou.

Manuel Moreira deixou ainda uma palavra de especial agradecimento aos padrinhos que, «de forma voluntária e generosa dão o seu precioso contributo, tornando as salas de aula mais atractivas e potenciadoras de conhecimento».

No final da cerimónia, em sinal de reconhecimento, os alunos ofereceram uma pequena lembrança aos promotores do projecto, bem como aos novos padrinhos.

Outras notícias