Hora local: 04:56
logotipo
Você está aqui: Página inicial

Milhares de pessoas assistiram ao Grande Prémio do Marco de Canaveses de Jet Ski e Motas de Água

2017/06/20

Milhares de pessoas assistiram, no último fim-de-semana de 17 e 18 de junho, à 2ª etapa do Campeonato Nacional de Jet Ski e Motas de Água, que decorreu na Albufeira do Tâmega, no Marco de Canaveses.

A prova, também pontuável para o Campeonato Regional Norte, teve em competição cerca de 60 pilotos nacionais e internacionais em diversas classes e disciplinas.

Pedro Martins, da organização, fez um balanço "muito positivo" da prova, que considera ter estado "ao nível dos vários eventos mundiais".

"Esta prova é uma mais-valia para Marco de Canaveses porque potencia a região e dinamiza o rio Tâmega, que é uma mina de ouro, é uma pérola que temos aqui. Este rio merece provas deste calibre", refere.

Pedro Martins assegura que não ficou surpreendido com a presença de aficionados da modalidade que, ao longo dos dois dias, preencheram as margens da Albufeira do Tâmega.

Para o Presidente da Câmara Municipal do Marco de Canaveses, "este Grande Prémio do Campeonato Nacional de Jet Ski e Motas de Água é sempre importante para qualquer terra. Aliás já tinha acontecido em 2011 e, com grande satisfação voltamos a receber este importante evento desportivo que mobiliza uma enorme logística, com imensos atletas e amantes das modalidades. O que é muito bom, pois isso traz visibilidade e dinamiza a economia local".

"É mais uma oportunidade para o concelho ser falado pela positiva, de podermos aproveitar este espelho de água que é excelente. Nesse aspeto, Marco de Canaveses é um município privilegiado por ter dois rios internacionais, o Tâmega e o Douro, e temos que saber potenciar essa mais-valia e tudo o que temos de bom na nossa região", sustenta Manuel Moreira.

A prova, organizada pela Associação de Jet Ski e Motonáutica do Norte, com o apoio da Câmara Municipal do Marco de Canaveses, da Turismo Porto e Norte de Portugal, da Federação Portuguesa de Motonáutica e da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, vai manter-se no concelho do Marco de Canaveses até 2020.

"Assumi um compromisso para quatro anos. Espero que quem me vier a suceder saiba honrar os compromissos que nós assumimos em nome do Município. Esperemos que este Grande Prémio consiga crescer ao longo dos anos, trazendo mais praticantes e mais espetadores pois é, sem dúvida, um evento com grande dinâmica e atratividade", conclui o Edil Manuel Moreira.

O Presidente da Federação Portuguesa de Motonáutica, António Tunes, elogiou as condições que a Albufeira do Tâmega oferece para a prática da modalidade. "Tem um espelho de água muito bom, depois não é um rio navegável, não passam aqui os barcos de longo curso, o que para nós é excelente", reconhece.

A nível desportivo, na 2ª etapa do Campeonato Nacional, Matteo Valente (Team Jet Ski Moto Galos Barcelos) foi o vencedor na categoria de SKI Juvenil. Vitorino Rodrigues (Clube Naval de Ponta Delgada) ganhou no escalão SKI Junior; Gonçalo Rodrigues (Clube Náutico Lagoa) triunfou em SKI GP3, Henrique Rosa Gomes (AJET) em SKI GP1, enquanto em SKI Senhoras a vitória coube a Joana Graça (Clube Nacional Ski Naútico).

Em Runabout GP1, Christhope Agostinho (Promotora Livre) superiorizou-se à concorrência, o mesmo sucedendo com Augusto Fernandes (Promotora Livre) na classe Endurance GP1 e Fábio Lago (Promotora Livre) em Endurance GP2.

No Campeonato Nacional de Slalom, Gonçalo Rodrigues (Clube Náutico Lagoa) venceu na categoria de SKI GP3, Henrique Rosa Gomes (AJET) em SKI GP1 e Christophe Agostinho (Promotora Livre) em Runabout.

O evento contou ainda com demonstrações de freestyle e flyboard, no sábado à noite.

Outras notícias