Hora local: 15:03
logotipo
Você está aqui: Página inicial

Câmara Municipal entrega compostores às 33 Eco-Escolas Concelhias

2018/02/15

A Câmara Municipal do Marco de Canaveses iniciou esta quinta-feira a distribuição de compostores reciclados pelas 33 Eco-Escolas do Concelho, numa ação que pretende sensibilizar as crianças/alunos para a importância de preservar o meio-ambiente, nomeadamente através da reutilização de resíduos orgânicos.

Dando continuidade às ações de educação ambiental no Município do Marco de Canaveses e sabendo que, diariamente, é produzida uma grande quantidade de resíduos orgânicos (mais de 30% dos resíduos sólidos urbanos), que pode ser valorizada através da compostagem, o Executivo Municipal saiu para o terreno para explicar aos mais novos o que é a compostagem, como se carrega um compostor, o que podemos colocar no compostor e o que fazer com o composto.

O Vice-presidente da Câmara Municipal, Mário Bruno Magalhães e o Vereador Paulo Couto, deram início a um périplo que levará a percorrer as 33 Eco-Escolas Concelhias, e onde estão representados todos os graus de ensino – Pré-primário, Ensino Básico, Primeiro e Segundo ciclo e Secundário - levando junto dos alunos e professores esta proposta desafiadora para que realizem a compostagem nos jardins e hortas das suas escolas, mas também para que incentivem os pais à reciclagem dos resíduos orgânicos, transformando-os num produto útil. Pequenos contributos para transformar o Concelho do Marco de Canaveses num Município mais sustentável e amigo do ambiente.

A compostagem não é mais do que um processo biológico de transformação dos resíduos orgânicos, por acção de microorganismos, num composto fertilizante natural semelhante ao solo. Os restos de “alguma” comida, as cascas das frutas e vegetais, as folhas secas, os pequenos ramos e as flores que habitualmente se coloca nos contentores do lixo indiferenciado, são alguns exemplos de resíduos orgânicos que podem ser colocados alternadamente nos compostores - os quais devem estar no jardim junto a uma árvore de folha caduca -, produzindo assim uma terra escura fértil.

Uma iniciativa recebida com grande entusiamo pelas Eco-Escolas do Concelho que já receberam a visita e o respetivo compostor, cujos alunos e professores acolheram carinhosamente os membros do Executivo Municipal, nesta missão ecológica, demonstrativa de que todos temos um papel ativo e responsável na defesa do Planeta.

Além da distribuição dos compostores, foi ainda entregue informação contendo informação necessárias para a realização de uma correta compostagem e assegurada a monitorização por parte dos técnicos municipais do Ambiente, que acompanharão o processo de compostagem nas escolas. Por último, os membros do Executivo Municipal e os técnicos municipais lançaram mais um desafio aos jovens alunos, para que caracterizem os compostores, dando-lhes mais vida e cor, em busca do compostor mais bonito.

 

 

 

Outras notícias